A primeira etapa da obra de instalação do novo Emissário da Barra Sul segue em duas frentes de trabalho durante esta semana. Para agilizar a obra da nova rede coletora de esgoto, que compreende duas etapas, nesta segunda-feira (13), a execução das escavações do solo para assentamento da tubulação, acontece na Avenida Normando Tedesco na altura da Rua 3800 até a 3950 sentido Barra Sul, e próximo da Rua 3712 sentido Avenida Brasil.

“Essa obra é necessária e muito importante para o saneamento da região Sul, pois possui uma rede antiga de amianto que não atende mais a demanda e vem apresentando problemas frequentes. Entendemos que o movimento na temporada é maior, por isso, intensificamos o trabalho no período da noite e em duas frentes de trabalho para a conclusão o mais breve possível”, destaca o diretor-geral da Emasa, Douglas Costa Beber. Até a última sexta-feira (10), foram assentados cerca de 126 metros de tubulação, do total de quase 1.000 metros nesta primeira etapa da obra.

Alterações do trânsito

A nova rede será instalada no alinhamento da ciclofaixa e o trânsito sofre alterações nos trechos conforme a execução. Nesta segunda, das 7h30 até 00h, nos dois trechos em obras o trânsito está em meia pista e com a ciclofaixa também interditada. As alterações no trânsito serão feitas nos trechos conforme o avanço da obra. O local está sinalizado e agentes de trânsito auxiliam orientando os motoristas.

A partir desta semana, os trabalhos serão intensificados no período noturno, para causar menos transtornos.

Entenda a obra

A nova rede será feita em duas etapas e nesta primeira compreenderá cerca de 1.000 metros, sendo: trecho da Avenida Atlântica na altura da Rua 3950 (sentido Barra Sul), passando por toda extensão da Rua 3950, seguindo pela Avenida Normando Tedesco até a Av. Brasil esquina com a Rua 3700, levando a contribuição que chega na Estação Elevatória do Fischer (localizada na Av. Atlântica, entre Rua 4100 e 4400) até a rede da Rua 3700 e desafogando a rede da Avenida Atlântica. A tubulação será de 200mm no material PVC-O, muito mais resistente do que a atual.

A obra faz parte do projeto de Ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES), com o custo desta etapa de R$ 415.629,45. A ampliação da SES tem o custo total de aproximadamente R$ 7milhões, referente às obras de: Subestação de Energia Elétrica e Casa de Comando; Rede Coletora de Esgoto Sanitário; Estações de Recalque; Linhas de Recalque de Esgoto; Ligações de Esgoto; e Redes de Drenagem - incluindo o fornecimento de materiais e equipamentos (exceto conjuntos motobombas).

Dúvidas e informações nos Canais de Atendimento: SAC - 0800 643-6272, no Fala EMASA - WhatsApp comercial (47) 3261-0000 ou no e-mail: atendimento@emasa.com.br.

Informações Adicionais:
Emasa
(47) 3261-0000
 
Assessoria de Comunicação
Jornalista Renata Furlanetto
Foto: Camila Diel Gomes
 
www.emasa.com.br
www.facebook.com/emasabc
www.instagram.com/emasabc



Quer receber as notícias da EMASA?

Bem vindo (a) à Sala de Imprensa do Portal Oficial da Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMASA). Notícias e imagens estão disponibilizadas neste espaço. Para sua comodidade, solicitamos que faça seu cadastro para receber todas as notícias referentes a água e esgoto de Balneário Camboriú diretamente em seu e-mail. Agradecemos sua visita e estamos à disposição!